segunda-feira, 14 de maio de 2012

Como escolher um livro.



Nesses dias por aí, descobri uma coisa importante: não se pode escolher um livro com pressa.
Pressa e livro não combinam.
Ao escolher um livro você precisa ter onde repousar a mente. Precisa piscar pra cada capa pra ver se ela te sorri de volta, precisa passar os dedos em suas folhas e ver se elas são pesadas ou leves, e depois olhar pra dentro de você e ver se você está pesado ou leve.
Ao escolher um livro, deve encontrar-se com o autor ali no título e ver ele te dizer: aqui tem algo bom. Ou não. Deve prestar atenção em si mesmo e no momento.


Perca tempo na busca. Não olhe o relógio, as pessoas, o preço, o tempo. Demore na escolha.


Depois de escolher e de ler, não se apegue. Livros bem escolhidos não devem ficar em prateleiras. Doe, dê, empreste, presenteie. Compartilhar é sempre bom. Compartilhar livros é melhor ainda.


Fazendo assim, tenho a impressão de que quem te escolherá são os livros e não você a eles.


Música pra ouvir escolhendo livro: tempo algum

Um comentário:

disse...

Quando eu era mais nova, fica horas na biblioteca pública passeando entre as prateleiras, até achar um que combinasse com meu jeitinho.

beijoos.