segunda-feira, 19 de julho de 2010

era uma vez.

tudo começou como sempre começa...
"era uma vez"
e era uma menina que esperava um príncipe
e o príncipe chegou
e viveram felizes
e foi para sempre, dizia a história


foi nessa parte que eu entendi que o para sempre
é diferente pra cada um.
para a princesa para sempre é sempre que alguém lê sua história
para mim quer dizer eternamente de mãos dadas
para você quer dizer 5 meses.


e foi nessa parte que eu entendi o "era uma vez".

9 comentários:

Carolina Tavares disse...

Interessante, poética e profunda sua leitura do conto de fadas. Beijus

Denis Campos disse...

engraçado que o "era uma vez" dá idéia pra gente de uma história de mentira, né..

acho que o "pra sempre" ta seguindo o mesmo caminho, infelizmente..

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog Alinhavo de Cores. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

Pâmela Grassi disse...

Mari,

deixo aqui meus abraços de dias ensolarados de poesia,
estoy indo para Goiania e ficarei dias sem tecer palavras nos blogs,

Um beijo,

Carolina Tavares disse...

Oi Mari, tem selinho lá no blog para você. É meu carinho e reconhecimentos por tantas conversas especiais. Beijinhos

Gaby Soncini disse...

É verdade, o para sempre tem vários sentidos, como o era uma vez também tem.

Muito bom.

Grande Beijo!

Janaína S. disse...

Cara! Talvez eu nunca tenha lido nenhuma referência de pra sempre tão perfeita assim.

Adorei!
Beijo Querida.

Alice disse...

'era uma vez' para 'sempres'.

mari, *-*

Menina moça disse...

eu amei seu blog uma poesia profunda
gostei muito deste blog é bem criativo se quiser dar uma passadinha no meu blog fllordelys.blogspot.com