terça-feira, 17 de agosto de 2010

rima.

não gosto muito de poesias rimadas
acho que elas não combinam muito com a vida
a vida é sem rima, sem métrica, toda sem lógica
gosto assim.
gosto das pessoas que não se combinam se casem
gosto de dizer bom dia mesmo que já seja de tarde
gosto de comer a sobremesa antes do jantar
gosto de não ter feito nada e ter que descansar


e no fim eu sempre percebo
que para algumas poesias,
a rima se faz precisa.

4 comentários:

lu agreste disse...

mas é fato que a sobremesa antes da comida prepara o nosso paladar! =) hehe

eu tb adoro.
tenho aprendido tb, a cada dia mais, adorar melhor Àquele que faz de todas essas antíteses as melhores texturas da vida.

Lilah Costa disse...

Comer a sobremesa antes do jantar, adoooro!

O diferente é interessante..
pra quem nunca experimentou vale a pena provar. (n só na sobremesa)

Pâmela Grassi disse...

A poesia improvisada é aberta de possibilidades,


gostei desta tua brincadeira com as palavras, mari.

Beijos

Gaby Soncini disse...

Gostei *.*

Eu gosto muito de poesias com rima, como também sem rima.

Acho que as vezes rimamos, e às vezes não.

Gosto desse rimar e não rimar.
Gostei de ver que você gosta de diferentes juntos *.*

Grande Beijo.